Meio Ambiente  -  Sexta-Feira, 09 de Fevereiro de 2024

Secretarias Municipais realizam limpeza na área da Antiga Pedreira

<p>Secretarias Municipais realizam limpeza na área da Antiga Pedreira</p>

As Secretarias Municipais de Obras e de Agricultura e Meio Ambiente, realizam limpeza na área da Antiga Pedreira. A ação visa remover lixos e entulhos depositados no local, de forma irregular e sem autorização, pela população. Além de causar danos ao meio ambiente os detritos também acumulam água, servindo de criadouro para o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue.

O descarte irregular é crime, conforme previsto na Lei Federal n° 9.605/1998 (Lei de Crimes Ambientais). A prática pode levar à reclusão, detenção ou pagamento de multa. A penalidade varia conforme o tipo de dano causado pelo lançamento de resíduos (sólidos, líquidos ou gasosos), detritos ou óleos no ambiente.

Para coibir a ação, será realizada a instalação de câmeras de monitoramento no local e a diretora de meio ambiente, Jocasta Bullow de Rosso, reforça que o município oferece opções para o descarte correto de lixo e entulhos. "O depósito de qualquer material na antiga pedreira configura crime ambiental e é previsto multa para quem o fizer. Existem locais adequados para os entulhos, temos bags nas obras, então os pedreiros podem separar esse material e o caminhão da reciclagem passa recolhendo", explicou.

De Rosso ainda orienta que o Governo Municipal recolhe e dá a destinação correta aos moveis velhos que os moradores queiram descartar. "Essa recolha é realizada pela prefeitura, mas não temos um local adequado, então pagamos para dar o destino correto fora do município, mas é só ligar no Departamento de Meio Ambiente, agendar com a gente, ou colocar na frente de casa que o caminhão da Prefeitura vai recolher".

O lixo também pode ser levado direto na Unidade de Valorização de Recicláveis (UVR). "As pessoas que não quiserem os materiais na frente de suas casas, porque às vezes demora até o caminhão da prefeitura passar para fazer a coleta, podem levar até a nossa UVR, onde era o antigo aterro sanitário, e dispor lá esse material".

Serranópolis do Iguaçu, assim como todo Paraná, está em campanha contra a proliferação da dengue. Além de crime ambiental, o lixo descartado de forma irregular serve de criadouros para o mosquito ajudando na propagação da doença. Proteja quem você ama! Não dê asas ao mosquito!

 

 

Notícias relacionadas listar mais notícias

  • 12Jan

    Proprietários de lotes com mato alto estão sendo notificados 

    continuar lendo
     
  • 21Dez

    Coleta do Lixo Orgânico tem alterações devido ao feriado

    continuar lendo
     
  • 15Dez

    Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente instala novos PEVs no interior

    continuar lendo