Município de Serranópolis do Iguaçu 

Saude  -  Quarta-Feira, 19 de Dezembro de 2018

Alerta de Prevenção da Leptospirose

<p>Alerta de Prevenção da Leptospirose</p>

A Secretaria de Saúde de Serranópolis do Iguaçu, alerta toda a comunidade sobre o risco de contrair a Leptospirose. A infecção é o resultado da exposição direta ou indireta à urina de animais infectados como, (roedores, caninos, suínos, bovinos, equinos, ovinos, caprinos e eventualmente mamíferos silvestres).

Importante: A Leptospirose pode ser adquirida tanto em áreas urbanas, (mais frequente) como em áreas rurais, (principalmente nas atividades relacionadas ao manejo e alimentação de animais de produção e na limpeza dos locais com maquinários e armazenamento de grãos/ração/silagem).

Sintomas: Os principais sintomas são: febre alta, mal-estar, dores de cabeça constantes e intensas, dores pelo corpo, principalmente na panturrilha, cansaço e calafrios. Também são frequentes dores abdominais, náuseas, vômito, diarreia e desidratação.

Cuidados importantes:

- Guardar os alimentos em lugares secos e dentro de recipientes fechados;

- Lavar e desinfetar utensílios e a caixa de água;

- Filtrar e ferver por 15 minutos a água para consumo ou usar hipoclorito de sódio a 2,5% (água sanitária), na seguinte medida: 2 (duas) gotas para cada litro de água e esperar no mínimo 15 minutos antes de consumir;

- Evitar contato com água e lama, usando sempre botas e luvas de borracha, ou sacos plásticos amarrados nos pés e nos braço;

- Manter os quintais, terrenos baldios públicos ou privados, sempre limpos, evitando acumular entulhos que favoreçam o esconderijo de ratos.

 

Notícias relacionadas listar mais notícias

  • 24Jun

    Primeiro encontro do Grupo de gestantes é realizado em Serranópolis do Iguaçu

    continuar lendo
     
  • 18Jun

    Secretaria de Saúde de Serranópolis do Iguaçu alerta sobre locais de descarte de medicamentos

    Remédios vencidos devem ser descartados nos postos de saúde

     

    continuar lendo
     
  • 14Jun

    Projeto do NASF promete mudar a vida das gestantes serranopolitanas

    continuar lendo